Portal do Governo Brasileiro

REUNI - Reestruturao e Expanso das Universidades Federais

UNILA

Unila lança Cátedra Paulo Freire

Cátedra Paulo Freire, que será lançada nos dias 7 e 8 de novembro, será um espaço permanente de reflexão sobre Educação Latino-Americana.

Ser um espaço permanente de reflexão sobre educação, conservando o espírito e o pensamento de Paulo Freire. Este é o principal objetivo da Cátedra Paulo Freire, organizada pela UNILA, em parceria com o Ministério da Educação e Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI), que será aberta nos dias 7 e 8 de novembro. As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 30 de outubro. Para participar, basta preencher o formulário disponível no site do evento http://catedra_pfreire.unila.edu.br. 

Diferente das outras cátedras promovidas pela Universidade, esta não será apenas um evento de dois dias, mas terá um caráter permanente, já que irá promover várias atividades como discussões, seminários e cursos de pós-graduação até 2012. A cada edição a Cátedra Paulo Freire vai abordar uma temática específica da educação latino-americana, focando o pensamento de Paulo Freire. Para 2011/2012 a temática escolhida foi a Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

As atividades iniciam nos dias 7 e 8 de novembro, com palestras e diálogos que contarão com a presença de pensadores como Luis Eduardo Maldonado Espitia (Colômbia), José Ribero (Peru), Sérgio Haddad (Brasil) e Luiz Caldas Pereira (Brasil). Serão 3 sessões de  diálogos orientadas por especialistas dos países participantes. A ideia é que o evento conte com a participação também de pesquisadores e professores universitários, mas, principalmente, daqueles que trabalham diariamente na Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

“Os profissionais que trabalham com isso, e algumas pessoas que atuam na área sem serem  profissionais da educação, também, precisam desse debate. Como estamos trabalhando com pensamentos de Paulo Freire, é importante democratizar a informação, integrar pessoas e países, superando fechamentos academicistas”, declarou o professor da UNILA, Luis Eduardo Alvarado Prada. 

Na abertura das atividades, no dia 7, também será assinado um documento que formalizará o convênio da UNILA, MEC e OEI. O convênio contribuirá para a execução dos objetivos da Cátedra, que são o desenvolvimento da Educação de Jovens e Adultos na Ibero-América.  

As atividades também serão transmitidas pela internet, por uma plataforma web da OEI e também através do site da UNILA. “Nos países integrantes da OEI, queremos juntar as pessoas em grupos para assistir, debater entre eles e interagir com o evento que acontecerá em Foz do Iguaçu”, explicou Alvarado-Prada. 

Pós-Graduação 

Entre as atividades que integram a Cátedra, está um curso de pós-graduação lato sensu para formadores de professores de EJA. O curso, que será ministrado na UNILA, deve iniciar em 2012, mas ainda não tem data prevista. Metade das vagas serão destinadas a brasileiros e a outra metade para candidatos dos países ibero-americanos membros da OEI. 

Assesoria de Imprensa da Unila

 

VÍDEOS

 

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal