Portal do Governo Brasileiro

REUNI - Reestruturao e Expanso das Universidades Federais

UNILA

Estudantes oferecem aulas em projeto de curso comunitário

Foto: UnilaFoz do Iguaçu (PR) – Um grupo de 20 estudantes da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) resolveu sair do papel de alunos para compartilhar seus conhecimentos como professores. Eles integram o projeto de extensão Cursinho Comunitário Ingressa, que nasceu com o propósito de reforçar as atividades de ensino em uma escola pública do município de Foz do Iguaçu (PR). 

O piloto do projeto está sendo desenvolvido na escola estadual Bartolomeu Mitre, onde cerca de 50 alunos do terceiro ano do ensino médio tiveram as primeiras aulas no início deste mês. “A intenção é atender estudantes que vão prestar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), abrangendo todas as disciplinas e seguindo o conteúdo do exame”, explica a professora Daniele Michele de Araújo, que coordena o projeto juntamente com a professora Ângela Maria de Souza, ambas docentes da Unila na área de antropologia. 

Elas apresentaram o projeto para a escola e tiveram uma receptividade positiva por parte dos alunos, pais dos estudantes e direção da escola. “A vinda deles aqui foi muito boa. Vimos nesse projeto uma oportunidade de ajudar mais os alunos que querem uma vaga em uma universidade pública, e não têm condições de frequentar cursos preparatórios”, conta a diretora da escola, Nádia Silveira Mansur. 

Responsabilidade – A ideia do cursinho comunitário nasceu de uma angústia dos alunos da Unila, que sentiram necessidade de contribuir com a comunidade de Foz do Iguaçu. “Muitos deles passaram por essa experiência de precisar de cursinho e vir de escola pública e, portanto, entendem a importância desse apoio. É muito interessante esse sentimento de troca, retribuição e de responsabilidade social dos alunos”, relata a professora Ângela de Souza. 

Foi esse sentimento que mobilizou o aluno de relações internacionais Jóhidson Oliveira, professor de geografia e coordenador da equipe de estudantes, formada por 19 voluntários e um bolsista. “Todos já tiveram alguma experiência ou contato com a área em que estão lecionando. Mesmo alunos da Unila, alguns já têm formação universitária. Inclusive a professora de gramática, aluna de relações internacionais, é mestre em letras”, conta. 

Sonho – A proposta do projeto é também uma forma de aproximar a Unila da comunidade de Foz do Iguaçu. E ainda alimentar nos alunos de escola pública o sonho de um curso superior. “No ensino médio, a universidade é colocada como algo distante. Colocam-se medos e impedimentos. O que estamos propondo é o contrário, mostrar que o sonho de fazer parte de uma universidade pública é possível”, diz Jóhdison. 

Aluna do cursinho, Izabela de Melo é uma das sonhadoras. Ela conta que tem se dedicado com afinco aos estudos e pretende ingressar no curso de Pedagogia. “Quem está aqui estudando no cursinho está focado em passar. E temos conseguido tirar muitas dúvidas com os professores”, conta a estudante. 

Além de ensinar, os professores realizam uma troca de saberes. “A gente também adquire conhecimento, não só os alunos. Venho de São Paulo e percebo que o ensino aqui é diferente. Então buscamos adaptações para tentar nivelar o conhecimento”, diz Paulo Conte, estudante de engenharia civil de infraestrutura na Unila e professor de química no cursinho. 

Comunidade – As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 19h10 às 22h, na escola estadual Bartolomeu Mitre. Aos sábados, os alunos têm aula de línguas – inglês ou espanhol. E ainda assistem a palestras de professores da Unila, que apresentam os cursos da universidade e propõem discussões sobre temas contemporâneos, passíveis de cair na prova de redação do Enem. 

O cursinho também realiza simulados. O objetivo da prova é saber quais alunos têm dificuldades e em que áreas necessitam de maior atenção. Desta maneira, em grupos menores, recebem apoio de um tutor para tirar dúvidas específicas. 

Rede – O cursinho Ingressa já está na internet. “Estamos oferecendo material didático e apostila de exercícios para os alunos”, conta Paulo Conte, responsável pela criação da página. O projeto também tem página na rede facebook. 

Assessoria de Imprensa da Unila

 

VÍDEOS

 

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal